D. Diogo Marques Morato (1739 - 1749)

 

21º. Bispo de Miranda, 11 de Fevereiro de 1739 a 29 de Dezembro de 1749, também manifestou vontade de transferir a diocese para Bragança, visto Miranda sob o ponto de vista geográfico, não ser um local central, além disso Bragança era terra de ares mais saudáveis, climas menos rigorosos e melhores águas.
Foi um dos mais notáveis vultos da cultura do seu tempo, pois, além de ser Doutor em Filosofia pela Universidade de Évora e em Direito pela Universidade de Coimbra, exerceu a magistratura em Lamego, sendo desembargador da mesa do despacho Eclesiástico.