Birge de l Monte

  Ó mie; Birge de L Monte,
Que stais Dessa taboinha,
'Oh! q' assento tã pequeinho
Para tãn alta rainha!

Ó mie Birge de L Monte,
Branca i bie coradinha,
Chamai-me bós afilhada,
Q' yöu bos chamarei madrina.
yousoumirandes@gmail.com 2004 © Site: Autoria Raúl Silva
colaboração de Teresa Ferreira
e Rita Segundo