Cabanal do Castelo

 

Arquitectura comercial, vernacular. Cabanal de planta rectangular, simples, com fachada principal, virada a O., ritmada por catorze pilares quadrangulares monolíticos, assentes em pano pétreo, com capeamento em cantaria, tendo os inter-espaços actualmente envidraçadas. A cobertura assenta sobre travejamento de madeira, cujas linhas de asnas terminam em forma de cachorro racial.

Constitui um elemento característico de arquitectura vernacular da Terra de Miranda.