Teixeira

 
   

Igreja de Teixeira 

Rural, integração harmónica num largo, calcetado e em terra batida, no centro da povoação, com um adro, parcialmente sobrelevado, fronteiro ao arruamento principal de Teixeira, tendo adossada o antigo cemitério e apresentando no adro um cruzeiro no adro.

Séc. 16 - época provável de construção da igreja; 1560, década - pintura dos frescos da nave; 1716 - data inscrita em cartela na porta do cemitério; séc. 18 - construção do altar de Nossa Senhora do Rosário; séc. 20, meados - remodelação do arco triunfal.

Arquitectura religiosa, quinhentista e barroca. Igreja quinhentista de planta longitudinal, composta e nave única, com fachada principal em empena truncada por dupla sineira e portal em arco apontado de duas arquivoltas, ostentando no interior um painel de frescos quinhentistas de sabor popular, retábulo colateral de talha dourada barroca, de estilo nacional, e retábulo-mor de talha branca e policroma de carácter popular.